Mil operações de parcelamento de débitos veiculares são registradas pelo Detran em Janeiro

24/ 01/24
Atendimento sendo realizado em guichê do Detran de Campo Grande. Foto: Divulgação/Detran
Guichê Detran
Por: Redação Veja Folha |  MS
O serviço de parcelamento de débitos veiculares pelo cartão de crédito registrou mil operações no Detran/MS (Departamento Estadual de Trânsito) no mês de janeiro.
Esse é o primeiro mês de parceria entre o Detran e o Banco do Brasil, iniciativa que permite que o cidadão parcele em até 12 vezes todos os débitos veiculares, diretamente no guichê de atendimento das agências.
A opção de pagamento pode ser utilizada para IPVA, com os 15% de desconto previsto para pagamento à vista.
Se houver algum outro débito em atraso, é possível parcelar tudo, regularizar a situação do veículo e sair da agência com o CRLV (Certificado de Registro de Licenciamento de Veículos) em mãos. O Detran já enviou 205 mil cartas de notificação para o endereço das pessoas que possuem três ou mais taxas de licenciamento em atraso.
Os débitos da Lei da Anistia, que perdoa dívidas anteriores a 2021 de motocicletas de até 162 cilindradas, também pode ser parcelado.
O serviço de parcelamento está disponível nas agências do Detran dos 79 municípios do Estado, basta sinalizar a intenção de parcelar débitos de IPVA, licenciamento e/ou multas para o atendente.
Expansão – Segundo o diretor-presidente do Detran-MS, Rudel Trindade, no momento, o parcelamento está disponível apenas nos atendimentos presenciais das agências.
“Esse foi mais um avanço pioneiro do nosso Detran. Mas não vamos parar por aí, já estamos em tratativas para liberar essa possibilidade do parcelamento em até 12 vezes nas nossas ferramentas digitais.”
Outra opção em estudo é a possibilidade do parcelamento durante as operações de fiscalização. Caso o motorista tenha débitos, poderá efetuar o pagamento parcelado pelo sistema digital, evitando a apreensão do veículo.
No data was found
Please select listing to show.
No data was found
Gif 2

PREVISÃO DO TEMPO

ÚLTIMAS NOTÍCIAS