Escândalo, baixaria e quebra-pau: Maria teria recusado expulsão e só saído do BBB com seguranças

15/ 02/22
Segundo colunista, Maria não aceitou a decisão e tentou abrir a porta do confessionário (Foto: Reprodução)
Escândalo, baixaria e quebra-pau: Maria teria recusado expulsão e só saído do BBB com seguranças
Três anos depois de Hariany ser expulsa da edição de 2019, Maria, do BBB22, foi protagonista da punição máxima. Na manhã desta terça (15), a integrante do Camarote foi convocada ao confessionário e avisada da sua saída, mas, pelo visto, não teria aceitado a decisão de Boninho muito bem.
De acordo com Alessandro Lo Bianco, colunista do A Tarde é Sua, a atriz foi chamada à salinha e assistiu todas as imagens do Jogo da Discórdia da última segunda (14), quando simplesmente bateu com um balde na cabeça de Natália.
Porém, Maria não foi à favor da decisão, protagonizando um verdadeiro barraco com direito a xingamentos proferidos contra os produtores e diretores do programa. Segundo o colunista, ela também teria negado que agrediu Natália Deodato.
PUBLICIDADE
“Um verdadeiro barraco. Desativaram as câmeras do confessionário. Ela ainda pediu para que Natália fosse chamada ao confessionário. Depois simplesmente parou de falar com Boninho, o Dourado e produtores. Ela ainda tentou abrir a porta do confessionário à força”, disse Lo-Bianco nesta terça-feira (15).
Por conta do ao vivo do BBB22 ter continuado depois da agressão, a sister não tinha ideia de que poderia ser expulsa. No quebra-pau com a direção, Boninho deixou bem claro que as coisas no reality “não se resolviam no grito”.
Como se isso não bastasse, para evitar novas confusões, a Globo precisou chamar um time de seguranças para acompanhá-la ao lado de fora da sede do BBB, conforme apontado por Lo Bianco.
Depois que entrou no confessionário, Maria não saiu mais e nem se despediu dos outros participantes. Ao fim, o Big Boss só pediu para que os demais recolhessem os pertences de Maria.
PUBLICIDADE
No data was found
No data was found