São Gabriel do Oeste continua liderando em casos prováveis de dengue em MS

19/ 02/22
Dados do boletim epidemiológico mostram os casos prováveis de dengue neste começo de 2022. (Foto: Divulgação)
São Gabriel do Oeste continua liderando em casos prováveis de dengue em MS
Dados do boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES) apontam que São Gabriel do Oeste continua liderando o quadro de casos prováveis de dengue em Mato Grosso do Sul. O documento mostra que já são 134 casos registrados na cidade, em levantamento de 1º de janeiro até 16 de fevereiro de 2022.
Dentre os casos prováveis de dengue, 187 de Três Lagoas, 142 são de Campo Grande, 66 de Sidrolândia, 55 de Aparecida do Taboado, 43 de Ponta Porã, 34 de Corumbá, 36 de Brasilândia, 31 de Amambaí, entre outros municípios.
PUBLICIDADE
Outro dado que chama a atenção, são referentes ao Zika Vírus. São 14 casos prováveis da doença, todos em Chapadão do Sul.
Mato Grosso do Sul registrou 969 casos prováveis de Dengue, 14 de Zika e 40 de Chikungunya no período apontado.
Ao todo, existem 1.023 casos de arboviroses no estado. Todas as doenças são transmitidas pela picada do mosquito Aedes Aegypti.
PUBLICIDADE
Em relação aos casos prováveis de Chikungunya, 14 são de Cassilândia, 13 de Chapadão do Sul, 2 de Nioaque, 1 de Angélica, 2 de Ivinhema, 2 de Dourados, 1 de Caarapó, entre outros municípios.
Nenhum óbito por Dengue, Zika ou Chikungunya foi registrado em Mato Grosso do Sul no ano de 2022.
PUBLICIDADE
No data was found
No data was found