Alternative content

Get Adobe Flash player

Política

Municípios do interior receberão R$ 3,5 milhões para tratar pacientes com Covid-19

Quinze municípios de Mato Grosso do Sul serão contemplados com repasse de R$ 3,5 milhões do Ministério da Saúde. As parcelas de R$ 60 a R$ 80 mil serão pagas de abril a junho deste ano, e destinadas aos Centros de Atendimento e Centros Comunitários de Referência para Enfrentamento da Covid-19.

Os municípios habilitados foram: Aquidauana, Bandeirantes, Fátima do Sul, Iguatemi, Jardim, Ladário, Mundo Novo, Naviraí, Nova Alvorada do Sul, Selvíria, Maracaju e Sonora, que receberão parcelas de R$ 60 mil, totalizando R$ 180.000 cada.

Outros três municípios foram contemplados com valores maiores, caso de Dourados, que receberá R$ R$ 240.000, em parcelas de R$ 80 mil; Corumbá, que receberá um repasse de R$ 180.000 e outro de R$ 240.000, com parcelas de R$ 60 e R$ 80 mil respectivamente; e Três Lagoas, com dois repasses de R$ 240.00, em parcelas de R$ 80 mil.

Os centros nestes municípios foram credenciados temporariamente em 2020, por meio de portarias específicas do Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES), e agora tiveram essas credenciais excepcionalmente estendidas para atender o combate ao coronavírus.

Os locais deverão ter espaços adequados e estrutura mínima com condições sanitárias, sendo recomendado estrutura com pelo menos quatro salas: uma para acolhimento, uma para isolamento dos pacientes sintomáticos respiratórios e duas para consultórios de médicos e de enfermagem.

São dois tipos de Centros onde serão usadas as verbas. Os de atendimento tipo 1, voltados para comunidades e favelas que tenham população entre 4 e 20 mil pessoas, e os de tipo 2,  para locais com número de habitantes acima de 20 mil.

Os municípios que receberam adicionais deverão usá-los para qualificar o cadastro de pessoas que vivem nessas áreas, principalmente as que integram grupos de risco. São duas listas que classificam municípios de todas as regiões do Brasil, que podem ser conferidas aqui, e aqui.

De acordo com o último boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde, são 225.992 confirmações da doença no Estado.

São 1.218 pessoas internadas, sendo 689 em leitos clínicos (420 público; 269 privado) e 529 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) (373 público; 156 privado).

Campo Grande, Três Lagoas, Ponta Porã, Paranaíba, Mundo Novo, Dourados, Bonito, Bela Vista, Paranaíba, Fátima do Sul, Maracaju, Deodápolis, Miranda, Sidrolândia, Ivinhema, São Gabriel do Oeste, Naviraí, Cassilândia e Corumbá foram os últimos municípios que registram mortes.

 

Fonte: Correio do Estado