Alternative content

Get Adobe Flash player

Empreendedorismo

Empresário de São Gabriel assume Presidência de sindicato e promete modernizar instituição

O empresário Regis Luís Comarella, diretor do Frigorífico Boibras, de São Gabriel do Oeste,  é o novo presidente do Sicadems (Sindicato das Indústrias de Frios, Carnes e Derivados de Mato Grosso do Sul). Ele assume o comando do sindicato de um dos segmentos industriais mais importantes de Mato Grosso do Sul, que emprega mais de 33,7 mil trabalhadores diretos e movimenta aproximadamente R$ 15 bilhões por ano.

"Meu principal objetivo à frente do Sicadems é modernizar o sindicato para se aproximar ainda mais dos associados. No meu entendimento, precisamos estar unidos para atingir os nossos objetivos, pois, infelizmente, o segmento da indústria frigorífica sul-mato-grossense está órfão no momento e precisa ser fortalecido para brigar pelos nossos direitos", ressaltou Regis Comarella, que assume o cargo no lugar do empresário Ivo Cescon Scarcelli e ficará à frente do sindicato até 2023.

O novo presidente do Sicadems revela que atualmente a entidade conta com 24 associados, mas esse número pode ser ampliado, pois ainda há muitos empresários da indústria frigorífica que não participam. "Quero associar mais empresários, pois, quanto mais indústrias frigoríficas, fica mais fácil fazer um trabalho diferenciado. Eu sempre digo que a união faz a força e, com um sindicato forte, os frigoríficos também ficarão mais fortes", assegurou.

Segundo Regis Comarella, a intenção é aumentar o número de indústrias frigoríficas habilitadas para exportar. "Hoje, devido à atual situação, a nossa matéria-prima está muito cara e, além disso, o nosso Estado tem o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) mais alto do Brasil. Pagamos 4% de ICMS sobre a nossa produção e mais 1% de Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de Mato Grosso do Sul), totalizando 5%, enquanto no Mato Grosso a alíquota é zero e em São Paulo é de 1,2%", lamentou.

Currículo - Natural de Gaurama (RS), onde nasceu em 1968, o empresário Regis Luís Comarella é casado com Azle Comarella, com quem tem dois filhos, Giulia e Luiz Alfredo Comarella. Ele e a família vieram para Campo Grande (MS) em 1994 e, em 2008, adquiriu, com alguns parentes, o Frigorífico Boibras Indústria e Comércio de Carnes e Subprodutos Ltda., localizado em São Gabriel do Oeste (MS).

Na época da aquisição, a empresa tinha capacidade de abate de 80 cabeças/dia de bovinos certificados pelo SIE (Serviço de Inspeção Estadual). Atualmente, graças a investimentos, o abate foi ampliado para 700 cabeças/dia e passou a contar com SIF (Serviço de Inspeção Federal), sendo que está em fase de conclusão a sala de desossa para 2.800 peças/dia.

Hoje, o Frigorífico Boibras tem 475 colaboradores diretos e os seus produtos são comercializados para todo o Brasil. Além disso, exporta para 16 países, distribuídos pela América do Sul e Ásia. "Nossa pretensão é atender também o mercado russo, chinês e chileno, que são os países com mais demanda atualmente", finalizou Regis Comarella.