Alternative content

Get Adobe Flash player

Coronavírus

Menor do ano: ocupação de leitos de UTI para pacientes com covid cai para 35% em MS

Quase metade dos adolescentes já tomaram ao menos uma dose da vacina contra o coronavírus e a imunização avançou para a 3ª dose nos idosos em Mato Grosso do Sul. Com isso, 43,83% da população em geral já está imunizada e a taxa de ocupação de leitos nos hospitais continua em queda. Na manhã desta segunda-feira (30), MS registrou 35% dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para pacientes com covid ocupados.

PUBLICIDADE

As internações têm apresentado queda desde o mês de julho, conforme a campanha de imunização avançou. Agora, o Estado tem a menor taxa de ocupação de leitos para pacientes graves com covid do ano de 2021.

 Conforme dados levantados no início da manhã desta segunda-feira (30), a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid é de 35,70%. Os dados são divulgados no painel Mais Saúde da SES (Secretaria de Estado de Saúde). Conforme levantamento, MS possui 493 leitos UTI adulto para pacientes com SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) e Covid, sendo que há 176 pacientes em estado grave internados em hospitais no Estado. Sendo assim, restam 317 vagas no sistema de saúde.

PUBLICIDADE

Os dados apresentam uma queda em relação à ocupação dos leitos em uma semana. Na segunda-feira passada (23), eram 228 pacientes internados, ou seja, 52 pacientes a menos do que o registrado no início desta manhã.

Em relação aos municípios, a taxa de ocupação de leitos para pacientes com coronavírus em Campo Grande é de 43,09%, ou seja, há 140 leitos de UTI Covid vagos. Em Dourados, a taxa de ocupação de leitos de UTI para pacientes com coronavírus é de 36,84%, enquanto em Três Lagoas é de 22,5% e Corumbá tem o menor índice, com 10% dos leitos ocupados. Os quatro municípios são sedes de macrorregiões de saúde e recebem pacientes de outras cidades.

PUBLICIDADE